Divórcio

Tomar a decisão de se divorciar nunca é fácil. Interromper a caminhada com aqueles que partilhamos a vida em comum é medida a ser bem pensada e planejada, uma vez que envolve não só a vida a dois, mas a vida a três, a quatro, a cinco: envolve a família, os filhos, os enteados, sogros e sogras e todo um conjunto de pessoas que merecem proteção – não só afetiva, mas também jurídica.  

Contudo, apesar de difícil, o rompimento da vida a dois pode ser uma medida necessária. É exatamente isso que fazemos: pensamos, executamos e facilitamos todas as consequências fáticas e jurídicas do divórcio, para que você foque no essencial: a sua retomada da felicidade.